sexta-feira, setembro 07, 2007

Sistema.

Duas palavras sobre a questão das subprime e sobre o que se passou nas últimas cinco semanas:
A "falência" de credibilidade das três grandes agências de rating mundial: S&P, Moody's e Fintch. Foram os principais responsáveis pelo estado actual de desconfiança e iliquidez dos mercados monetários. É absolutamente inacreditável como durante meses e anos andaram a atribuir ratings A e AA a créditos subprime de elevado risco. Recordo que o rating da dívida do estado português é AA-(??!). Colocaram em causa todo o sistema mundial de rating de dívida com este erro (??!) inadmissível. Serão necessários meses para ultrapassar os danos causados ao sistema monetário mas uma vez ultrapassados o melhor seria mesmo extinguir este tipo de serviço por parte destas agências privadas e entregar esta tarefa a departamentos independentes que poderiam ser criados, por exemplo, dentro dos bancos centrais.
O comportamento dos bancos centrais durante o mês de Agosto. Ficou-se a perceber que o BCE e a Fed não são instituições tão retrógradas como muitos querem fazer crer. Só através de um controlo bastante sofisticado, feito por estas instituições, foi possível evitar uma catástrofe a nível dos mercados monetários e financeiros. Trichet destacou de forma algo sublime este ponto na conferência de impressa de ontem e tem, sem dúvidas, razões para estar satisfeito com o trabalho efectuado pelo BCE neste âmbito.
1.0 (31) 2.0 (56) 3.0 (121) Alfa (9) Árvore (9) Beta (15) Cibéria FM (12) Cinzas (23) Coisas (17) Consola (8) dna (13) Eco (23) Entropia (21) Ferrugem (14) Kubrick (6) Magnum Park (19) Memória (14) Metropolis (22) Notas (1) Planificação (212) promo (1) Rothko (2) Tabaco (20) Vertigem (22)